Últimos assuntos
» Redução de salários em 2010
Seg Jun 06, 2016 4:40 pm por WiseMax

» Sorteio de voos para a Alemanha e iPad 2
Sab Jun 07, 2014 3:44 pm por vaniasvieira

» Coworking S.João da Madeira
Seg Nov 18, 2013 11:19 am por MClara

» O Worten Ultimate Challenge está de volta!
Seg Nov 04, 2013 6:00 pm por PTGAMERLAN

» Clube Macinhatense
Seg Nov 04, 2013 4:34 pm por MClara

» CONCERTOS DE ORGÃO
Qui Out 24, 2013 11:46 pm por MClara

» Associação Bairrada Solidária
Seg Out 14, 2013 2:28 am por MClara

» Vamos ajudar a Mónica
Sex Out 11, 2013 11:26 am por MClara

» Gina Marrinhas em Águeda
Seg Set 30, 2013 10:24 pm por MClara

» Luís Miguel Ferreira
Qua Set 25, 2013 11:05 pm por MClara

» Associacao Bairrada Solidaria - Aniversário
Qua Set 25, 2013 11:01 pm por MClara

» Convivio do Rio Vouga - Clube Macinhatense
Seg Jun 24, 2013 1:10 pm por MClara

» Candidato á presidência da câmara de SJM
Ter Jun 18, 2013 1:09 pm por Reporter On Line

» Feira da Vinha e do Vinho 2013
Seg Jun 17, 2013 10:50 pm por Isabelita

» 17º encontro de Povos da Serra da Lousâ
Seg Jun 17, 2013 10:04 pm por MClara

» MEO XLPARTY@Expocentro - Pombal
Seg Jun 17, 2013 2:27 pm por PTGAMERLAN

» Worten Ultimate Challenge PES 2013 - GT5
Seg Jun 17, 2013 2:26 pm por PTGAMERLAN

» Gerir vida financeira
Dom Jun 09, 2013 2:32 pm por skurtis

» Bichos, Bichinhos e Bicharocos - Althum
Qui Maio 30, 2013 9:24 am por MClara

» Miguel Braga " Like a Tree"
Qua Maio 29, 2013 7:21 am por MClara

» Mealhada
Seg Maio 27, 2013 6:56 pm por MClara

» Castanheira de Pera
Dom Maio 26, 2013 11:10 am por MClara

» Entr'artes/2013
Dom Maio 19, 2013 11:01 pm por MClara

» Trocas e Baldrocas
Sex Maio 17, 2013 3:57 pm por MClara

» DIVERSÃO NOS ESPAÇOS PLAY ZON - Torneio FIFA 13
Sex Maio 03, 2013 3:49 pm por PTGAMERLAN

Conectar-se

Esqueci minha senha

Facebook
Forum Generalista Português

Forum Generalista Português

ON- LINE

contador de visitas
O Tempo não pára!
Volte sempre
contador de visitas
Visitantes
tema
PT
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada


Redução de salários em 2010

Ir em baixo

default Redução de salários em 2010

Mensagem por PortugalOnLine em Qua Fev 10, 2010 6:17 pm

Olivier Blanchard afirmou que Portugal terá que reduzir salários para ser competitivo, mas será que ele está a falar dos salários chorudos que os altos cargos da nação recebem, ou dos tristes pobres coitados que recebem o ordenado mínimo , trabalham o máximo que podem , estão endividados á Banca com crédito á habitação, educação, transportes e diversos?
É que se ele recomenda que a disparidade de salários em Portugal seja feita de forma mais igualitativa eu aceito, agora o que eu constato é que existem muitos a trabalhar por pouco e poucos que não trabalham , nada produzem e ganham muito...

_________________
PortugalOnLine
avatar
PortugalOnLine
Admin

Sexo : Feminino Idade : 53
Emprego/lazer : Jornalista Amadora (Claro)
Pontos : 3856
Data de inscrição : 21/11/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Redução de salários em 2010

Mensagem por Tininha em Qua Fev 10, 2010 7:15 pm

É preciso fazer contas á vida e não ir em conversas de políticos.
Sou absolutamente contra que se façam obras como o Tgv á custa dos nossos impostos e de nos mandarem apertar o cinto.
É que não podemos apertar mais.
Como se pode viver assim?
Exemplo:
Casal de jovens com um filho de 7 anos:
Referencia Setembro de 2008
Ordenados líquidos
436.78 x2 = 873.56 Euros
Descontos Segurança Social 11% = 88 ,00 euros
Credito á habitação mais seguros incluídos mensais = 333.00 Euros
Luz = 47.74
Contribuição audio visual = 1.84
Agua = 21.32
Tar Disponibilidade ???? = 4.69
Residuos sólidos urbanos = 5.95
Factura de Agua ---------------------------------------- =33.26
Condomínio =42.20
Consulta médica - Pediatra = 30.00
Consultas Dentista =70.00
Transportes (Pass) = 64.00

Fácil fazer as contas deste agregado familiar:
Receberam:
873.00 Euros
Despesas 708.20 Euros
Saldo - 164. 80 mensais, para alimentação e outras despesas que possam ter, como medicamentos, vestuário, artigos escolares, higiene, etc.
Chega para viver?
Essa devia ser uma das respostas aos nossos políticos que acham que se deve reduzir ainda mais os salários em Portugal.

Tininha
Membro Efectivo
Membro Efectivo

Sexo : Feminino Idade : 47
Emprego/lazer : Estudante/trabalhadora/F.P
Pontos : 3330
Data de inscrição : 15/05/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Tudo mais caro

Mensagem por Convidad em Seg Fev 15, 2010 4:45 pm

Pois é Tininha, mas estas verdades, incomodam...
Consumo
Luz fica mais cara em 2010


Económico com Lusa
01/01/10 10:46




Os taxis não vão aumentar em 2010.







Este ano as famílias portuguesas podem contar com mais encargos na factura da luz, mas a maioria dos preços de bens e serviços mantém-se.
Na factura da luz deste mês, as famílias de Portugal continental vão notar um aumento de 2,9%, o que representará um encargo adicional de quase um euro para uma factura média de 40 euros. Na Madeira, a subida será de 2,4% e nos Açores será de 2,1%
Já o preço do gás vai manter-se, pelo menos até Julho, altura em que são conhecidas as novas tarifas.
Quanto aos novos preços da água, estes devem ser conhecidos nos próximos meses, uma vez que as tarifas são definidas pelas autarquias.
Mas o ano que hoje começa também traz boas notícias para as famílias portuguesas: as rendas, os transportes públicos urbanos e suburbanos, os táxis e as portagens da grande maioria das auto-estradas não aumentam.
Nas portagens, apenas as tarifas dos sublanços Palmela-Nó de Setúbal (A2/A12) e Montijo-Pinhal Novo ficam mais caras em Janeiro, mas durante o ano podem surgir aumentos na A5 (Cascais/Lisboa).
O pão e o leite também não devem subir este ano, segundo os responsáveis dos sectores, citados pela ‘Lusa'.
Também os CTT não têm ainda qualquer actualização prevista para os preços do serviço postal universal.
Nas comunicações, a Portugal Telecom anunciou que vai descer o preço das chamadas fixas em cerca de 10,5% e oferecer chamadas ilimitadas dentro da sua rede aos fins-de-semana a partir de hoje.
avatar
Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Redução de salários em 2010

Mensagem por WiseMax em Ter Fev 16, 2010 3:17 pm

Gosto muito do artigo da Tininha.... recomendo-o ao Jotacê...

WiseMax
Membro Activo
Membro Activo

Sexo : Masculino Idade : 70
Emprego/lazer : Dolce farniente
Pontos : 3675
Data de inscrição : 18/01/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Redução de salários em 2010

Mensagem por Jotace em Ter Fev 23, 2010 6:36 pm

Tenho a impressão que me andam a querer transformar num monstro, porque fazem questão de não querer perceber o óbvio. Em devida altura eu li o post da Tininha, e não o comentei propositadamente, porque sinceramente acho que este exemplo pratico vale tanto como outro qualquer e enferma logo á partida de alguns valores questionáveis, quando pensamos em despesas mensais.

É claro que não é normal que, com apenas um filho, se vá ao Pediatra todos os meses (excepto se a criança tiver algum problema de saúde mais sério ou crónico). E tambem não se vai ao dentista todos os meses. E pagar 42€ de condominio não é exactamente comum a uma familia de classe média-baixa de 3 pessoas. Assim como pagar 50€ mensais de electricidade tambem não. E não sei a que preço pagam a água, mas eu, com uma moradia e um jardim para regar nunca paguei 33€ de agua por mês. Portanto, ainda que o exemplo possa ser real, pode ser discutido, embora obviamente eu não ponha em causa as dificuldades reais em manter as necessidades básicas de uma familia com apenas 870 €/mês. Acho é que, se queremos ir a detalhes e usar exemplos praticos, é importante que eles façam sentido, para que sejam crediveis.

Ainda muito recente, dois dos cranios económicos deste país (infelizmente tambem comparados aos Marretas, por serem velhotes e inconvenientes, ao dizerem as verdades de forma crua e despudorada) disseram num programa de TV (“Plano inclinado”, com Mário Crespo), que isto precisava, e já, de um corte imediato de 5% em todos os salários e pensões, por exemplo, acima de mil euros (por pessoa). Falo de Medina Carreira e Silva Lopes. Bom, já não fui eu que disse, foram eles, ainda há menos de uma semana. Será que esta ideia assim já tem mais alguma credibilidade? Provavelmente não. E porquê? Primeiro, porque quase ninguem gosta de ouvir as verdades, especialmente se elas nos tocarem onde mais dói. Depois, porque vindas de dois velhotes de aspecto antiquado e linguagem pré-histórica (sim, eles ainda falam Português!), cujo discurso foi perdendo o impacto por se ter tornado demasiado repetitivo, a sua credibilidade foi tambem afectada. Mas, como especializados em Economia que são, eles sabem que isto já não vai lá com boas intenções. Aliás, como os Irlandeses tambem perceberam. Mas nós somos latinos, e ficamos á espera do sol, que pelo menos no Verão, com praia, decotes e mini-saias todos os problemas se resolvem... temporáriamente. E não adianta ir buscar os chavões gastos e as palavras de ordem do tempo da reforma agrária, porque é mais que certo que não vão ser os ricos nem os politicos a pagar a crise. Aliás, esses, caso o país vá á falência, safam-se sempre, como as andorinhas. Nós é que não, porque não podemos voar para as nossas casas e negócios no Brasil, ou seja lá onde fôr. Que remédio temos nós senão ‘amochar’ para salvar o que resta disto.
Que fique claro que eu nunca disse que cortar salários era a primeira medida. Deveria ser a ultima, e apenas quando todas as restantes falhassem. O problema é que ... estão a falhar.

Beijinhos e abraços! Wink
avatar
Jotace
Membro V.I.P.
Membro V.I.P.

Sexo : Masculino Idade : 50
Pontos : 4192
Data de inscrição : 25/11/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Redução de salários em 2010

Mensagem por WiseMax em Qua Fev 24, 2010 1:28 am

Ah, os bons velhos tempos em que a "competitividade" de Portugal assentava na "mão de obra barata".

Quer dizer: AINDA á barata - só que na altura é "à chinesa", isto é, "quase" que dava para comer!... logo, muito mais competitiva.

Hehe...

E pensar que os anos de maior cadência de admissões na Função Pública fora os do Cavaco 1º Ministro!...

Memória curta, é o que é.

E pensar que foi o Governo PS que "estabilizou" (leia-se: reduziu os gastos presentes e futuros) com a Segurança Social... Por exemplo, em termos de sustentabilidade, a longo prazo, o aumento da despesa compensões será anualmente de apenas 1,5% do PIB,percentagem significativamente mais baixa do que a média da União Europeia - e ainda mais do que a da Alemanha!.. Já agora, a da Grécia é de 12,5% do PIB, só para desfazer dúvidas...

Memória selectiva, é o que é.

E falarem de crise e blah blah, quando Portugal foi dos países da Europa que melhor resistiu à crise (menos 2% de desaceleração da economia que a média europeia e desemprego em linha com a média europeia...).

Mas isso não interssa nada, o que interessa é o DRAMA!...

E também que a nossa dívida pública e tal... quando ela quase 50% abaixo da Grécia (com quem fomos abusivamente comparados). E os encargos com a dívida pública estão na média Europeia (exactamente 0,1 % acima (3,5% para 3,4%), ou seja, na média.

Para além de a acusação de que há revisões significativas das componentes orçamentais, quando a sua média anual de revisões é de 0,2%, isto é, praticamente irrelevante, não passa de "conversa política", há ainda a realçar que foi preciso Sócrates chegar ao poder para se conseguir baixar o défice das contas públicas de 6,1% em 2005 para 2,6% em 2008 - e a subida do défice foi só em 2009, para atender à crise e mesmo assim um pouco inferior à subida média europeia, onde subidas de 9 e 10% foram bastantes (nem falo da Grécia, claro!), E em 2010 o dédice volta a baixar!...

Resumindo, há muita conversa política, com foco no aspecto alarmista e histérico, a ver se se canaliza isso politicamente.

Conversa, há muita: factos na mesa há poucos ou nenhuns - e é de propósito, para baralhar as coisas. As saudades do poleiro...

Neste momento, há um esforço concreto (e um plano subjacente) no programa de investimento público para diminuir a niossa depndência energética do estrangeiro (especialmente do petróleo) substituíndo centrais térmicas por barragens e bem assim em facilitar a exportação com apoios selectivos às empresas geradoras de inovação e tecnologias novas (não se fala disso, mas a verdade é que já exportamos tecnologia!...) e a questão dos TGV e estradas é mais importante do que parece: Portugal não pode dar-se ao luxo de ficar à margem, e assumir-se como um pobre país "periférico" e adiar investimentos que nos liguem ao resto da Europa. ISSO é que seria um luxo a que não nos podemos dar, o valor económico e nacional destas opções é superior ao mero valor finaceiro de exploração. A China, por exemplo, faz o mesmo que o japºao fez no início: vendeu comm prejuízo, para poder impôr-se no mundo. Contas de mercearia à Manela ou à Medina Carreira (o Velho do restelo) só servem para tapar a floresta com a árvore. Há que ver muito mais longe!...

Mas vá lá, entretenham-se todos com os mexericos das escutas (encomendadas?...) que esquecer o interesse do país (de nós todos) e esquecer-se de ser POSITIVOS é o que está a dar: Economia? Só se fôr para queixar-se (sem dados, isso não interessa nada!). Política? Que horror, são "todos" iguais!.... Pois... expliquem-me lá o que é uma Nação sem Políticos... No tempo do Velhinho, já tinham má fama... valia mais o Senho Ministro, o Senhor Director e todas as cadeias de transmissão do poder. Se calhar querem voltar a isso... Eu não, obrigado, vivi lá demasiados anos.

Factos, não aldrabices, é o que me interessa. A vida do Pobre foi SEMPRE difícil.
A habilidade do Rico é sempre a mesma: canalizar a frustração do pobre para os seus inimigos (como é dono dos jornais, rádios e televisões... não custa nada, funciona sempre).

Desculpem esta interrupção, a redução dos nossos exorbitantes salários continua dentro de momentos.

WiseMax
Membro Activo
Membro Activo

Sexo : Masculino Idade : 70
Emprego/lazer : Dolce farniente
Pontos : 3675
Data de inscrição : 18/01/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Tudo privatizado, que existe mais para vender?

Mensagem por Tininha em Qua Fev 24, 2010 11:42 am

A minha primeira impressão sobre o estado actual do nosso País é sem dúvida que os pobres, estão cada vez mais pobres e os ricos estagnaram nos investimentos em negócios que gerassem postos de trabalho.
Como reza a história, ela se encarrega de revelar tudo mais tarde ou mais cedo, mais que não seja dissecando cadavares, os verdadeiros casos de corrupção vão acabar por ser conhecidos.
Afinal de contas o Ser Humano é mesmo assim, ganancioso, oportunista e egoista e as verdadeiras fortunas em todo o Mundo sempre se fizeram ou nas guerras ou nas crises.
Reduzir défices governamentais á custa de privatizar, vender o que é público não é grande obra, e o resultado está que como pouco mais á para vender e ceder aos "amiguinhos políticos", também já não entra dinheiro nos cofres do Estado para tapar os buracos que agora ficam á vista de todos.
Hospitais - privatizados
Água e serviços - privatizados
Luz - privatizado
Transportes - privatizados
Comunicações - privatizados
Tendo o Estado Portugues ainda alguma participação ou não nos capitais sociais, a verdade é que tudo o que faz um País já não é Portugues.
Estamos a merçê afinal de quem?

Tininha
Membro Efectivo
Membro Efectivo

Sexo : Feminino Idade : 47
Emprego/lazer : Estudante/trabalhadora/F.P
Pontos : 3330
Data de inscrição : 15/05/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Redução de salários em 2010

Mensagem por Jotace em Qua Fev 24, 2010 11:48 am

Caro Wise,

julgo que por aqui já tinhamos percebido que caro amigo é, obviamente, socialista. E por isso eu tinha optado por deixar cair aquela nossa acesa conversa no outro topico, pois ela tinha deixado de ser, em meu entender, isenta e imparcial. Eu, gosto de qualquer Governo de qualquer cor, desde que ele cumpra com os seus designios: governar com sucesso o meu país, sabendo planificar a longo prazo, governando com patriotismo e espirito de missão, contribuindo com esforço e orgulho para a sua prosperidade e justiça social, servindo em primeiro lugar os compatriotas em vez de se servirem a si próprios. Por este motivo é que eu acabo por não gostar de nenhum dos que por cá temos e tivemos, especialmente nos ultimos 15 - 20 anos, porque antes disso eu era demasiado jovem para me aperceber de certas coisas.
Só 'abri a boca' neste tópico porque ontem reparei que o Wise me tinha deixado aqui uma 'farpazita', e quis de uma vez por todas esclarecer o meu ponto de vista. Eu não estou contra o povo, eu estou é a favor do meu país, e se isso implicar alguns sacrificios (desde que justamente repartidos, e desde que sejam aproveitados de forma util, e não levianamente, como até agora) eu estou disposto a fazê-los. Parece-me é que há muito poucos que estejam comigo!

E já não vou entrar noutra contraposição detalhada sobre os seus argumentos, que para si fazem todo o sentido, mas que para mim, não. Eu acho que é mesmo preciso começar por baixo, para se poder subir sustentadamente, e não ir comprar Ferraris porque os nossos vizinhos ricos os tem, e nós não somos menos do que eles, e como tal isso justifica pôr a corda na garganta a esta geração e á próxima que virá, para eventualmente acabar tudo como alguns dos estádios do Euro, que o mais certo é virem abaixo tal o tamanho do buraco orçamental que representam.
Assim, respeitando a sua cor politica, afasto-me deste tipo de conversas, por uma questão de principio, do mesmo modo que o faço em situações em que as conversas sobre futebol ou religião começam a deixar de ser apenas racionais e escalam pelas emoções acima. Se eu percebo que estou a atingir alguem nos seus mais profundos credos e paixões, prefiro até sair aparentemente derrotado da conversa, mas coerente comigo próprio. E há tantas outros temas para conversar, que decerto nos encontraremos por aí noutro tópico qualquer. Wink
avatar
Jotace
Membro V.I.P.
Membro V.I.P.

Sexo : Masculino Idade : 50
Pontos : 4192
Data de inscrição : 25/11/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Redução de salários em 2010

Mensagem por WiseMax em Qua Fev 24, 2010 4:15 pm

Como o Jotacê está eganado! Eu NÃO sou socialista (nunca fui) e também nem sou de Esquerda (mas sou muito focado no Social, na justiça, e no desenvolvimento económico sustentado).

Nunca fui muito de imediatismos. E muito menos quando estamos em causa todos nós.

Por exemplo, nunca fui muito dessa conversa dos "direitos adquiridos" (uma bandeira do PC) nem de outras assim.

Só para o situar.

Mas V. lá sabe as linhas com que se cose. No tempo da outra senhora, que o Jotacê teve a felicidade de não conhecer, eu era apelidado de comunista e fui até perseguido por isso - exactamente porque advogava a justiça social - coisa que não existia.

Hoje, quem não afinar pela histeria colectiva que se pretende lançar... é socialista.

Pois sirvam-se, não provo desse prato, obrigado. E aliás a minha observação é bem simples: foi o PS no Governo que fez aquilo que o PSD nunca teve coragem de fazer. Claro que agora que está feito (ou seja, as medidas "impopulares" já foram tomadas e assim não lhes serão assacadas) já brigam ente eles para vir para o poleiro, colher o que outros semearam e passar por bonzinhos. Já o Professor Cavaco tinha feito isto, colhendo os benefícios de ter o Mário Soares assumido todos os riscos para endireitar isto nos anos 80-90... e ainda com o bónus do fim da crise petrolífera de então que deu uma vasta ajuda na questão da dívida externa nessa altura.

Mas a memória é curta e a história vai repetir-se.

Ou talvez não!... Conheço muitos pequenos empresários que têm os olhos abertos e já não papam disso...

Chame-me socialista ou que quiser. Não sou é faccioso. Por isso até tenho variado o meu voto.

Quando não se tem argumentos... chama-se um nome qualquer ao outro... diz-se ue não dá para discutir com ele e pronto, a dama ofendida retira-se. Já é velho, mas vai "funcionando".

A hora não é de sacrifícios: é de aplicação sábia dos recursos.

E, felizmente, ainda temos alguns.

Porque os sacrifícios há muito que começaram, vão continuar (a redução prevista no défice das contas públicas ainda o vai modr mais, pode crer!) e não sei ainda por quantos anos.

Por exemplo, o preço do petróleo tem vindo a aumentar de novo... e não é difícil de prever que isso nos traga dificuldades acrescidas.

A nossa economia é bastante frágil - mas tem dado alguns sinais de combatividade - inclusive no plano tecnológico, o noso ponto fraco de sempre - e isso é muito bom!

Uma nota final sobre a minha opinião acerca dos socialistas:

São bem mais positivos (especialmente José Sócrates) nos seus planos de acção e têm uma visão bem mais integrada e progressiva do desenvolvimento económico do que os outros. Essa visão até nem era muito visivel antes. Também distingo claramente o que acreditam e os planos positivos que têm da forma como funconam.

No meu entender, os Socialistas são os "putos espertos" que, na sua ânsia de fazer depressa, se atrapalham e atabalhoam tudo, pondo a eles próprios em cheque. Basta ver as trapalhadas de Sócrates na sua vida pessoal e as enormes trapalhadas políticas e não só dos seus colaboradores pessoalmente mais próximos: um espectáculo confrangedor.
Na esteira desses "nabos" andam Godnhos e outros (quem acredita que elesram santinhos no tempo dos outros e só começaram agora a abusar com estes?...)

E os outros, PSD, CDS (não falo dos esquerdinhas, que ainda não conseguiram "meter a mão na massa"...)?...

Então acreditam que eles são uns santinhos, nunca fizeram nada de mal?.. E o BPN? E o Loureiro (que me lembro de ler -por duas vezes, pelo menos - elogios enormes e biográficos de 3 páginas no jornal do Balsemão, LOL!) e .... e... (não tenho pachorra para estar aqui a citar os nomes todos). Mas já agora, pelo que toca o CDS, temos o caso dos submarinos (ainda não ouvi nada sobre isto da parte do PSD, seus compagnons de route...) e os escândalos da Moderna e afins...

E então os trutas que andaram à babugem, nem se fala. Mas, como s jornais são deles... silêncio!

Isto para dizer que, pelo facto de uns (PS) serem uns desajeitados e não terem o monopólio da Comunicação Social que os outros têm... não se segue que sejam piores que os outros (PSD,CDS) que apenas são muito mais profissionais e "putas" (isto é: espertos e dissimulados) nessas andanças do poder e da sua promiscuidade com os privados.

Nós não somos ingéuos... mas às vezes... parecemos!...

Com que então socialista, hein?... Hahaha! Sei é o que quero para este País e para o meu Filho e Netos: Coisas POSITIVAS e com futuro.
E não conversa de merceeiro.

WiseMax
Membro Activo
Membro Activo

Sexo : Masculino Idade : 70
Emprego/lazer : Dolce farniente
Pontos : 3675
Data de inscrição : 18/01/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Redução de salários em 2010

Mensagem por Jotace em Qua Fev 24, 2010 5:01 pm

[quote="WiseMax"]
Quando não se tem argumentos... chama-se um nome qualquer ao outro... diz-se ue não dá para discutir com ele e pronto, a dama ofendida retira-se. Já é velho, mas vai "funcionando".

/quote]

Não me parece que seja justo acusar-me de querer fugir á conversa por falta de argumentos, Wise. Melhores ou piores, já apresentei os meus, e já os defendi como posso e sei. Suponho que o Wise tenha feito o mesmo. Já percebemos que não chegamos a acordo no geral, apesar de até termos alguns pontos de vista comuns, em questões particulares.
Prosseguir neste diálogo repisando o que já foi dito não me parece que vá trazer nada de novo, a não ser eventualmente exaltação e crispação.

Afinal o Wise não é socialista, apesar de defender o Sócrates e o PS? Ok, fui eu que percebi mal. Eu, e provavelmente toda a gente que leu os seus argumentos, neste e no outro tópico.
Custa-me entender como é que alguem que não é pelos direitos adquiridos zela tanto pela intocabilidade nas pensões de reforma, pelo direito a recebê-las por inteiro, apenas porque ... são um direito adquirido das gerações anteriores, apesar de já não o ser para as gerações futuras. Eu cá sou pelo direito a baixar as pensões de reforma acima de determinados valores, se com isso se puder garantir o direito das gerações futuras a usufruirem dela.
A hora não é de sacrificios, mas de aplicação sábia dos recursos? E que sábios temos nós em condições de governar, para que os possam assim aplicar? Será com este orçamento para 2010, e os faraónicos e novo-riquistas projectos que essa aplicação sábia vai começar? Ou não seria melhor usar uma pequena fatia desses gloriosos projectos para, por exemplo, arrumar pela base a nossa Justiça (?), para que finalmente pudessemos dizer que efectivamente vivemos num Estado de Direito democrático? Por favor ajude-nos, que estamos na escuridão!
É claro que há algumas boas medidas perdidas algures pelo meio do desperdicio. Mas acaba por quase não se dar por elas, infelizmente.
O Wise é um optimista. Eu sou, acima de tudo, um realista. Sou optimista quanto á minha capacidade para construir o meu futuro de uma forma positiva. Sou pessimista em relação á capacidade da nossa classe politica aproveitar e potenciar o meu optimismo, e sou pessimista em relação ao efeito que esta incapacidade governativa generalizada, transversal, tem sobre o animo e auto-estima desta nação. Como dizia o poeta zarolho, "Fraco Rei faz fraca a forte gente". Nem ele podia imaginar como tantos séculos depois isto ainda estava tão actual. Rolling Eyes
avatar
Jotace
Membro V.I.P.
Membro V.I.P.

Sexo : Masculino Idade : 50
Pontos : 4192
Data de inscrição : 25/11/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Redução de salários em 2010

Mensagem por WiseMax em Qua Fev 24, 2010 8:23 pm

Pois vamos a ver como isto tudo acaba - quem vai pagar a factura... já sei.

E também sei que seremos um paraíso, na altura em que quem paga hoje aos pseudo-jornalistas estiver no poleiro (bastou ver como eles se "escandalizaram" por ficar sem uma das 4 TV's...). Os agradecidos "jornalistas" pagarão ("em espécie") o "restauro" da sua "liberdade"... Voltaremos a ter mais 3 páginas do Expresso ou do Público ou do "corajoso" Sol a laudar um qualquer politico da área hoje na oposição--- Tem algumas dúvidas??? Eu não!... É que manter o empregozinho é muito bom e afinal é só fazer um jeitinho (hoje até calha bem, assim podem fingir que estão a defender a "liberdade" enquanto vão fazendo as encomendas e cometendo os seus crimezinhos, mas todos pelos "superiores interesses...do Público").

Esta farsa toda passou-vos ao lado?...

A mim não, porque no outro dia estava num jantar e ouvi tudo isto... se é uma conversa, então deve ser verdade!...

Por exemplo, ouvi dizer que, para "estimular a economia" em a oposição chegando ao poleiro, iam baixar os impostos das empresas... as estrangeiras leva-lo-ão para fora, as nacionais aproveitarão para o seu dono pôr mais algum no estrangeiro... ou para a piscina, ou para café com leite, sei lá...
Claro que a receita diminui, mas como já não se faria a tal "obra sumptuária"...

Não levem a mal... ainda é o Mês do "Carnavau" !...


P.S.: Jota, V. não quer mesmo ver que as pensões já desceram?... E de muitas maneiras, inclusive no aumento da idade e na dificultação da sua antecipação? E os números da percentagem das pensões no PIB que referi acima, não lhe dizem mesmo nada???
E quanto a salários... os da FP foram congelados... acha que o PSD teria coragem para baixá-los ainda mais?... Em que País vive?...
E quanto aos do sector privado, a onda de despedimentos, não lhe diz nada? Não lhe dá uma pistazinha sobre a diminuição da massa salarial global?...

Jota, V. anda a pedir para se fazer... o que já está feito!...

Oh balha-me Deuze-heze-eze-ze-ze!....

WiseMax
Membro Activo
Membro Activo

Sexo : Masculino Idade : 70
Emprego/lazer : Dolce farniente
Pontos : 3675
Data de inscrição : 18/01/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Redução de salários em 2010

Mensagem por Jotace em Qui Fev 25, 2010 10:45 am

Bem, como o Wise já me pôs mais á vontade relativamente á sua condição de isenção nestas nossas conversas, atrevo-me a prosseguir. E desta vez, não me resta outra solução que não a de fazer uso da sua expressão: Isto que acabou de dizer é que é a verdadeira conversa de merceeiro, com as contas do dito cujo e tudo.
Antes de mais, ponho logo á partida de parte todos os fait-divers que rodam á volta do diz-que-disse dos canais televisivos e do controlo da comunicação social, e do que se ouviu cochichar na mesa ao lado, porque isso é tudo manobras de diversão, e aqui o que interessa é o estado economico e social do país, seja lá qual fôr o Governo que esteja em funções, e sejam lá quais forem as tricas do momento.
Agora... entender que reduzir os impostos sobre as empresas não tem vantagens para a competitividade das mesmas, porque todos os empresários são uns salafrários e vão usar esse ligeiro desafogo apenas em proveito próprio, já me soa a conversa extremista, e nada optimista. Sendo assim, aumentem-se os impostos, não? Assim eles já não podem abarbatar-se ao dinheirinho, e a receita subirá de certeza! Não sei se se lembra daquela extraordinária manobra feita aqui há uns anos, de aumentar brutalmente os impostos sobre o jipes para os equiparar aos ligeiros de passageiros, numa altura em que os jipes estavam na moda. Era a manobra perfeita! O potencial encaixe fiscal iria ser fantástico! Porém, o que é que aconteceu? O povo não é estupido (pelo menos aquele que comprava jipes não era) , e a venda de jipes caiu quase 90%, para nunca mais recuperar. Além de não arrecadarem mais impostos, ainda perderam abruptamente o que arrecadavam antes! Tudo engenheiros...
Diz o Wise que as pensões já desceram por efeito do aumento da idade de reforma e na dificultação da sua antecipação? Isso é demagogia. Ou então, é contas de merceeiro! Se o Sistema está á beira do colapso, está para todos, e não apenas para os que se vão reformar daqui por 10, 20 ou 30 anos! Ou acha justo que se façam corridas para ver quem ainda consegue safar-se pelas regras antigas, seguindo o lema do “eu já estou safo, quem vier a seguir que se amanhe?”. É claro que houve e haverá injustiças pontuais, para algumas pessoas! Há sempre danos colaterais. E é chato, pois é. Mas algum dia tinha que ser o dia D, ou o dia Zero da nova era! Felizes dos que se safaram antes, mas a mama acabou, porque a pirâmide demográfica não vai inverter tão cedo, e se agora já há muitos velhos e poucos jovens, no futuro ainda deverá ser pior, a não ser que a colonização africana e asiática prossiga em crescimento acelerado, e eles passem a ser contribuintes efectivos para a Seg.Social, além de já serem contribuintes efectivos para a taxa de natalidade, e Lisboa mudar de nome para Nova Luanda, ou coisa assim.
E sobre os numeros do PIB e da sua relação com os numeros da Seg.Social, não, não me dizem grande coisa. Isso é estatistica e de palha estamos nós cheios, mesmo não sendo burros; agora estou como o Tom Cruise: “SHOW ME THE MONEY!”. Se o PIB cair significativamente nos proximos anos, lá se vai a bonita estatistica. Se os velhinhos durarem mais uns anos, e nascimentos continuarem a cair, idem aspas. Aliás, com a desumanização crescente a que assistimos, não me admiraria nada que haja por aí uns quantos politicos que já tiveram esta batata quente nas mãos, a quem já terá passado pela cabeça que o que dava jeito era uma qualquer catástrofezita climatérica (um Inverno polar faria maravilhas, com as nossas casas mal aquecidas e termicamente ineficientes) que enviasse uma grossa fatia dos nossos idosos para a eternidade mais cedo do que o previsto. Evil or Very Mad Isso é que dava um alivio ás contas da Segurança Social!
Quanto aos salários, e ao grande alarido que para aí vai nas ruas por causa dos ‘aumentos zero’, é mais um bom exemplo das contas de merceeiro. Senão vejamos:

Pelo menos este ano (nos próximos se verá) os aumentos Zero na função publica, simplesmente representaram o maior aumento teórico dos salários nos ultimos 4 anos, pelo menos. Parece absurdo não é? Mas isso é para quem não interiorizou o novo conceito deflaccionário. É que a malta está tão habituada a chorar que a vida está cada vez mais cara, que nem repararam que no ano passado, pelo menos em teoria, e de acordo com o cabaz de preços que contribuiu para o calculo da taxa de inflação, a vida ficou ... mais barata! De facto, a taxa de inflação em 2009 foi negativa em 0.8% , ou seja, houve deflação. Isto é algo nunca visto pelo menos desde o 25 de Abril (antes disso não faço ideia). E não me venha argumentar que isto é tudo teorias, e que o cabaz da inflação não reflecte a realidade, porque eu tambem sei disso, mas... é a bitola que temos, e que é usada todos os anos.
Agora repare no que aconteceu nos ultimos anos:
Inflação 2006: 3.1% ; Aumentos função publica: 1.5% ; Resultado: perda teorica de 1,6% no poder de compra
Inflação 2007: 2.5% ; aumentos função publica: 2,1% ; perda teorica de 0,4% .
Inflação 2008: 2.6% ; aumentos função publica: 2.9% ; ganho teórico de 0,3%.

E chegamos a 2009, com ...

Inflação 2009 : -0,8%; Aumentos função publica: 0 ; ganho teórico de 0,8% no poder de compra.

Assim, em 2006 eles fora bem papados (e não só eles, porque o sector privado acaba por usar os aumentos da FP como bitola) e não espernearam tanto como este ano! E assim, em teoria (porque na pratica, cada um sabe da sua) este é o melhor ano dos ultimos tempos, e a malta está cheia de sorte que o Governo não tenha resolvido equiparar os aumentos da F.P. á taxa de inflação, porque se o fizesse, teriam que cortar os ordenados em 0,8% . E isto já não são contas nem conversa de merceeiro. E depois ainda vêm os tótós dos sindicalistas, que continuam a exercer a sua função de acordo com o que lhes ensinaram há 30 anos e não se conseguem adaptar á evolução (ainda que nalguns casos para pior) da sociedade e do mundo do trabalho, dizer que aumentos zero são imorais, e coisas que tais! Treta demagogica, que eles sabem muito bem que imoral é perder o emprego, e ser forçado a aceitar reduções de 10 ou 20% no salário no sector privado, para poder continuar a ter emprego, como eu conheço casos. Olhe, a minha mulher, empregada do tio Belmiro, chegou a casa anteontem e disse-me “dá-me os parabéns, tive aumento Zero”. E eu dei-lhe os parabens! Parabens por não ter perdido poder de compra e ainda ter emprego.
E meter a onda de despedimentos e o calculo da massa salarial global em tudo isto é o mesmo que dizer que cada português bebe 10 litros de vinho por ano, quando a minha mãe não bebe nem um. Razz Os funcionários publicos deviam era estar muito caladinhos e satisfeitos da sua vida, pois em todo este cenário, eles ainda têm aumentos teóricos de 0.8% e não perdem o lugar! Tá a ver, Wise? É que num habia nexexidadezeee...hhmm...zeee. Rolling Eyes

Siga... Wink
avatar
Jotace
Membro V.I.P.
Membro V.I.P.

Sexo : Masculino Idade : 50
Pontos : 4192
Data de inscrição : 25/11/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Redução de salários em 2010

Mensagem por WiseMax em Qui Fev 25, 2010 1:46 pm

Como bem dizes, Jota, a fixação de aumento Zero na FP levará os privados a "defender-se" muito melhor contra os aumentos nas empresas deles... pensa nisso também.

Quanto à teta da inflação negativa... é mesmo treta e eu explico:
Primeiro, em 2010 isso acabou - e até será o contrário - é a questão do aumento do preço do petróleo, por via de 2 factores: a desvalorização do Euro (obrigado, seus Gregos do caraças!) face ao dólar - ou seja, mesmo que o barril de crude não aumentasse, aumentava sempre para os europeus, que continuam sempre a ter os preços fixados em USD..
Mas o crude vai mesmo aumentar - e até espero um choque muito maior, com a pressão sobre a Arábia Saudita e o caso iraniano (pode sere bem grave!). Aí é que vais chorar, amigo Jota, nem trabalhar à borla nos salva.

A outra razão porque a inflação vai aumentar outra vez é de índole financeira - como já disse, a crise do Euro e a recuperação do Dólar. Além do efeito no Petróleo, haverá (e há já!) uma pressão para aumentar as taxas de referência do Banco Central e então a famosa Euribor (mais as comissões e spreads que os bancos cobram e aumentaram consistentemente) vai fazer pesar mais todo o crédito sobre os particulares - a prestação da casa, mas nem só.

O que eles contam no cabaz da inflação não sei - mas sei que o aumento do preço do petróleo afecta TODOS os produtos e serviços e também sei que o aumento dos juros afecta a prestação da casa. A "folga" de 2009 já acabou - e foi "paga" com desemprego. Que é um grande gerador de marginalidade (--> criminalidade?) e de economia paralela, terceiro-mundista.

E o "aumento zero" vai doer - exactamente porque, na prática, é uma redução de salários - e uma componente deflaccionária, anti-económica mesmo, por prejudicar fortemente a procura interna. As tais médias, pequenas, mini e micro empresas que se gosta tanto de iinvocar para fins propagandísticos... vão senti-lo bem!...

Então como saír disto?...

Só há uma maneira: GERAR EMPREGO.

Não se vive melhor gastando menos: Vive-se melhor ganhando mais!

E desde o tempo da Grande Depressão que economistas nunca rebatidos, como Keynes, aprenderam que o Investimento Público é a chave e o motor para saír das depressões.

Isso, e acreditar nas possibilidades das pessoas.

WiseMax
Membro Activo
Membro Activo

Sexo : Masculino Idade : 70
Emprego/lazer : Dolce farniente
Pontos : 3675
Data de inscrição : 18/01/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Redução de salários em 2010

Mensagem por Jotace em Qui Fev 25, 2010 2:38 pm

Essa do crude ainda estamos para ver, Wise. Primeiro, porque já o ano passado o crude duplicou de preço desde os minimos, e ainda assim, tivemos deflação. Depois, porque o mito do 'peak oil' (a ideia de que o pico máximo de produção foi atingido e que daqui para a frente a procura de petroleo será sempre superior á oferta, que escasseará até á extinção total) corre o risco de vir a ser desmistificado e desmentido em breve, assim como já está a ser o do aquecimento global. Ao que tudo indica, há muito mais petroleo no planeta do que alguma vez imaginariamos, apenas não temos procurado nos sitios certos. Parece que só os Russos é que já tinham acordado para isso, há uns anos atrás (estou a falar do petroleo abiótico, e sobre isso pode o Wise, ou mais quem queira, pesquisar na Net). Infelizmente, tal como acontece com os diamantes, o cartel que controla a exploração tem todo o interesse em manter os preços altissimos com o papão da escassez, e isso vai ser muito dificil de combater.

Por ultimo, mais um pequeno nada em que estamos em desacordo: acho que se vive muito melhor gastando menos, e é mesmo isso que precisamos de reaprender, enquanto povo, porque ganhar mais não está ao nosso alcance. Gastar menos, está, e não custa nada. É só querer.
avatar
Jotace
Membro V.I.P.
Membro V.I.P.

Sexo : Masculino Idade : 50
Pontos : 4192
Data de inscrição : 25/11/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Redução de salários em 2010

Mensagem por Jotace em Qua Mar 23, 2011 7:03 pm

Olá Clara, e olá a todos os que por aqui andam! Há 4 meses que não fazia 'login' nesta casa, apesar de vir cá deitar o olho de vez em quando. Espero que estejam todos bem, mesmo com o aperto do cinto. Smile
Hoje, no que deve vir a ser o dia do 'enterro' do Socrates, dei por mim a reler isto, um ano depois desta discussão ter ocorrido. Até já me fazem saudades, estas picardias com o Wise. Laughing
É curioso verificar o que nos aconteceu ao longo do ultimo ano, e como muitas destas coisas que aqui dissemos e predissemos foram acertadas ou não:
- os juros da Divida publica não eram preocupantes, mas ... passaram a ser a ser.
- nas pensões não se mexia e nos ordenados tambem não, mas afinal... mexeu-se.
- o petroleo não iria subir por aí alem, mas afinal subiu.
E por aí fora...
Um abraço para todos , e duas beijocas á Clarinha. Cool
avatar
Jotace
Membro V.I.P.
Membro V.I.P.

Sexo : Masculino Idade : 50
Pontos : 4192
Data de inscrição : 25/11/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Redução de salários em 2010

Mensagem por WiseMax em Qui Mar 24, 2011 12:28 pm

Olá, Jota!

Deves estar feliz. Ganharam (contiuam a ganhar) os liberalistas. Vivó Mercado! Estado sim, mas só polícia! Abaixo o Estado Social! Cada um por si e Todos pelos Empresários de Sucesso!


Mas prontos, vamos ter um novo capataz nacional para a Dª Angela... Fica muita gente feliz, porque vai piorar, mas agora pode sempre dizer-se que "a culpa é dos que lá estiveram" (=Sócrates...)


Um aparte: O Sócrates é exactamente igual aos outros... só que muito mais trapalhão, LOL!... E essas coisas pagam-se, oh se se pagam.


Agora o amigo do Dias Loureiro e do Oliveira do BPN já fica mais descansado, vão para lá os amigos todos... Ainda vai dar para mais uns tachinhos no final desta estucha que ele tem que aguentar, coitadito...


Oh, já me esquecia: o petróleo está mesmo a aumentar - mas mesmo que não aumentasse, os combustíveis aumentavam cá dentro!...


Abraços a todos e viva o regresso do Jota!...

WiseMax
Membro Activo
Membro Activo

Sexo : Masculino Idade : 70
Emprego/lazer : Dolce farniente
Pontos : 3675
Data de inscrição : 18/01/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Redução de salários em 2010

Mensagem por Jotace em Qui Mar 24, 2011 11:35 pm

Caro Wise,
Porreiro (sem 'pá'), encontrá-lo por aqui, ainda. Smile Espero que esteja tudo bem consigo, e que vá conseguindo navegar nesta tormenta.
Não estou nada feliz, Wise, nem vim cá para recolher louros, até porque me enganei em algumas coisas, e reconheço-o. Como se pode estar feliz ao ver concretizados os nossos maiores temores? Ando até algo deprimido, angustiado, incomodado com o que vai pelo mundo, começando por aqui, passando pelo norte de Africa e médio Oriente, e acabando no Japão. Unico ponto positivo é mesmo o adeus antecipado do aldrabão narigudo, por alguns apelidado de Pinócrates. Mas, com narigudo ou sem ele, ainda vamos levar muito nas trombas, e com força. Todos! Enfim...todos, todos, talvez não. Há por aí umas 'aldeias gaulesas' onde vivem uns moços que , fruto do efeito de uma certa poção mágica, passam pelos intervalos da crise.
Um abraço, Wise! Smile Melhores décadas virão.
avatar
Jotace
Membro V.I.P.
Membro V.I.P.

Sexo : Masculino Idade : 50
Pontos : 4192
Data de inscrição : 25/11/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Redução de salários em 2010

Mensagem por WiseMax em Dom Mar 27, 2011 6:49 pm

Tens razão, a coisa agora só mesmo em décadas...

Ah, e sobre aquilo dos liberalistas económicos... acho que não me percebeste bem. Tanto o são o PSD e o CDS, como o PS (que, aliás, tem estado a fazer um frete que não é o dele - e os que lá deviam estar ficaram a rir-se - agora podem sempre dizer que a culpa é dos que os precederam imediatamente.. como de costume com todos). Infelizmente as "alternativas" de "esquerda" são para eu me rir. Se não fosse triste, claro.

O que está em jogo é tão somente isto: Como diz o Medina Carreira, gastamos mais do que o que produzimos, importamos mais que o que exortamos, e cada ano que passa isso, obviamente, gera dívida.

O drama não é só o petróleo - embora seja uma componente duríssima para nós e para toda a Europa. Não. O verdadeiro drama é que, logo que temos algum desafogo, vamos comprar cenas feitas na China... e automóveis alemães. Esse é que é o drama: não temos nada para exportar e contrabalançar isso. Mas há pior!... A Educação (ambas, a Educação e a boa educação) deveria ser um factor de competitividade - e sabemos que não é.

A única coisa que me preocupa é o que tudo isto carrega para o futuro.


Mas sou um optimista, apesar de tudo.

Não parece... mas sou.

WiseMax
Membro Activo
Membro Activo

Sexo : Masculino Idade : 70
Emprego/lazer : Dolce farniente
Pontos : 3675
Data de inscrição : 18/01/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Redução de salários em 2010

Mensagem por WiseMax em Seg Jun 06, 2016 4:40 pm

Ou o Jotacê morreu, ou fui eu, ou então foi o Fórum...
Desde 2011 que isto parece parado...

WiseMax
Membro Activo
Membro Activo

Sexo : Masculino Idade : 70
Emprego/lazer : Dolce farniente
Pontos : 3675
Data de inscrição : 18/01/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: Redução de salários em 2010

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum