Últimos assuntos
» Redução de salários em 2010
Seg Jun 06, 2016 4:40 pm por WiseMax

» Sorteio de voos para a Alemanha e iPad 2
Sab Jun 07, 2014 3:44 pm por vaniasvieira

» Coworking S.João da Madeira
Seg Nov 18, 2013 11:19 am por MClara

» O Worten Ultimate Challenge está de volta!
Seg Nov 04, 2013 6:00 pm por PTGAMERLAN

» Clube Macinhatense
Seg Nov 04, 2013 4:34 pm por MClara

» CONCERTOS DE ORGÃO
Qui Out 24, 2013 11:46 pm por MClara

» Associação Bairrada Solidária
Seg Out 14, 2013 2:28 am por MClara

» Vamos ajudar a Mónica
Sex Out 11, 2013 11:26 am por MClara

» Gina Marrinhas em Águeda
Seg Set 30, 2013 10:24 pm por MClara

» Luís Miguel Ferreira
Qua Set 25, 2013 11:05 pm por MClara

» Associacao Bairrada Solidaria - Aniversário
Qua Set 25, 2013 11:01 pm por MClara

» Convivio do Rio Vouga - Clube Macinhatense
Seg Jun 24, 2013 1:10 pm por MClara

» Candidato á presidência da câmara de SJM
Ter Jun 18, 2013 1:09 pm por Reporter On Line

» Feira da Vinha e do Vinho 2013
Seg Jun 17, 2013 10:50 pm por Isabelita

» 17º encontro de Povos da Serra da Lousâ
Seg Jun 17, 2013 10:04 pm por MClara

» MEO XLPARTY@Expocentro - Pombal
Seg Jun 17, 2013 2:27 pm por PTGAMERLAN

» Worten Ultimate Challenge PES 2013 - GT5
Seg Jun 17, 2013 2:26 pm por PTGAMERLAN

» Gerir vida financeira
Dom Jun 09, 2013 2:32 pm por skurtis

» Bichos, Bichinhos e Bicharocos - Althum
Qui Maio 30, 2013 9:24 am por MClara

» Miguel Braga " Like a Tree"
Qua Maio 29, 2013 7:21 am por MClara

» Mealhada
Seg Maio 27, 2013 6:56 pm por MClara

» Castanheira de Pera
Dom Maio 26, 2013 11:10 am por MClara

» Entr'artes/2013
Dom Maio 19, 2013 11:01 pm por MClara

» Trocas e Baldrocas
Sex Maio 17, 2013 3:57 pm por MClara

» DIVERSÃO NOS ESPAÇOS PLAY ZON - Torneio FIFA 13
Sex Maio 03, 2013 3:49 pm por PTGAMERLAN

Conectar-se

Esqueci minha senha

Facebook
Forum Generalista Português

Forum Generalista Português

ON- LINE

contador de visitas
O Tempo não pára!
Volte sempre
contador de visitas
Visitantes
tema
PT
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada


DESCOBRIR O FOLCLORE

Ir em baixo

default DESCOBRIR O FOLCLORE

Mensagem por LINO MENDES em Seg Abr 26, 2010 11:16 pm

Caro Amigo

Naturalmente, que os trabalhos que irei publicando são de minha autoria, fruto de mais de trinta anos de reflexão.

Embora ligado a outras formas artístico-culturais, tem sido a cultura tradicional que me tem levado a um mais profundo estudo.Não sou naturalmente detentor da verdade absoluta, e estou deveras preocupado com o desconhecimento que sobre folclore existe no nosso País. Por exemplo, figuras de proa costumam considerá-lo como coisa de somenos”.Não de preocupes que isso não passa de folclore”E trata-se simplesmente da nossa “identidade cultural”.

Mas não acredite quando um grupo informar que o folclore que vai apresentar é o folclore genuíno, o folclore puro, porque o que se pede e é o mais que se consegue é apresentar o mais representativo possível..



Mas iremos conversando sobre o Assunto.



Um abraço

Lino Mendes

LINO MENDES
Visitante
Visitante

Sexo : Masculino Idade : 83
Emprego/lazer : leitura,espectáculos....
Pontos : 3105
Data de inscrição : 20/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: DESCOBRIR O FOLCLORE

Mensagem por MClara em Ter Abr 27, 2010 9:28 am

Não sei se reparou Lino Mendes que em determinada altura divulguei aqui o Grupo de folclore de Macinhata do Vouga.
É um grupo que muito me honra ser amiga de vários elementos do grupo e talvez por isso eu tenha desenvolvido alguma sensibilidade para as dificuldades que se vive no dia a dia e não é fácil manter viva a tradição de um grupo de Folclore em portugal, porque são tantas as dificuldades e pesquisa que envolve que exige muita disponibilidade.
Se existe algo que aprendi, foi a diferença entre folclore e folclórico.
Existem muitos grupos folclóricos, mas verdadeiro folclore?
Lino Mendes seria muito bom que partilhasse aqui todo o seu saber e conhecimento sobre o Folclore Português, a nossa visão personalizada sem objectivos comerciais é tão rica quando a partilhamos e sem dúvida é disso que eu gosto e aprecio.
Até breve.
avatar
MClara
Admin

Sexo : Feminino Idade : 53
Emprego/lazer : Varios
Pontos : 3654
Data de inscrição : 16/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: DESCOBRIR O FOLCLORE

Mensagem por LINO MENDES em Ter Abr 27, 2010 12:33 pm

Boa Amiga
Permita-me a expressão.
O Grupo de Macinhata do Vouga é da "família" do Rancho Folclórico de Montargil";a que eu pertenço e sou fundador,e actualmente Coordenador Técnico.E repare,FOLCLÓRICO, que para mim é o mesmo que FOLCLORE.Simplesmente aparecem agora por aí, "em nome da modernidade" alguns novos conceitos sem qualquer base.
A MClara falou também numa coisa muito importante---a nossa visão sem bases comerciais.Na verdade,estamos neste momento a comemorar 40 anos de actividade durante os quais ninguém recebeu um tostão,e quanto a alimentação em trânsito no País ou no estrangeiro, cada um paga a sua alimentaçao.
Era para ir este ano a Macinhata com as nossas Escolas Infanto/juvenil de Folclore.Mas creio que vamos,não sei quando com um Grupo de CONCERTINAS e outros de REALEJOS.
Mas continuaremos a falar.
Os melhores cumprimentos
LINO MENDES

LINO MENDES
Visitante
Visitante

Sexo : Masculino Idade : 83
Emprego/lazer : leitura,espectáculos....
Pontos : 3105
Data de inscrição : 20/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: DESCOBRIR O FOLCLORE

Mensagem por MClara em Ter Abr 27, 2010 3:49 pm

Lino Mendes que bom, estarmos todos no mesmo objectivo, a direcção do grupo de folclore de Macinhata mudou, tenho que actualizar as minhas informações.
Sobre divulgar este tipo de colectividades que são de interesse público, acredite que a amizade que os amigos de Macinhata do Vouga me demostram é paga para mim suficiente.
Brevemente darei e actualizarei os meus tópicos sobre o grupo de Macinhata do Vouga, até porque deve estar para breve a descida anual do rio Vouga em bateira.


Dia 13 de Junho dia em que o folclore saiu á Rua e foi uma festa.
avatar
MClara
Admin

Sexo : Feminino Idade : 53
Emprego/lazer : Varios
Pontos : 3654
Data de inscrição : 16/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: DESCOBRIR O FOLCLORE

Mensagem por LINO MENDES em Qui Abr 18, 2013 2:19 pm

Projecto

DESCOBRIR O FOLCLORE

Face ao desinteresse da SEC em integrar a “cultura tradicional” nos programas curriculares do Ensino Básico (o que, sabemos, teria
que passar pelo Ministério da Educação e Ciência),lembrei-me que se o homem sonha a obra pode aparecer, podendo começar por oferecer o projecto à EBI de Montargil.

E assim nasceu o DESCOBRIR O FOLCLORE! Que se afirma como projecto, e resulta como não poderia deixar de ser e face ao meu entendimento,de um trabalho de equipa, pois em causa não estava a minha maneira de “pensar “o folclore, mas de colocar num
estabelecimento de ensino um trabalho sério que teria que obedecer a determinados requisitos. Escrevi então o texto base,o Dr.Aurélio Lopes fez a revisão, a escritora Rita Vilela conferiu-lhe a linguagem adequada ao público alvo,e o Prof. Luís Mota Figueira, um dos muitos amigos a quem enviei o texto já existente para que se pudessem pronunciar, enviou-nos ainda uma preciosa achega. E quando o Dr. Mário
Nunes envia de Coimbra “os parabéns por esta síntese de conceitos ligados ao folclore, de fácil apreensão e de manifesto valor para quem quer saber o estrutural do movimento, considerando-o simples, conciso e protegido dos dados académicos pois é genuíno, considerei ter chegado a hora de avançar.
E pena foi que não conseguisse para já a inclusão do texto num manual escolar visto que nesta
altura e para o ano em curso já estão concluídos, mas fica a esperança com vista ao futuro ,face às palavras que nos dirigiu a AREAL EDITORES:


“Começamos por lhe endereçar os nossos elogios pela iniciativa desenvolvida, pela importância que representa na preservação da
cultura local, regional ou nacional: só conseguindo envolver os mais novos na cultura portuguesas será possível preservar valores tão significativos, que constituem as raízes mais profundas da nossa identidade.”


Enquanto a Federação do Folclore Português já “louvou” a incitativa, a escritora Rita Vilela aceitou o nosso desafio para um
seu próximo livro ser sobre esta temática, e já temos em nosso poder o texto para uma revisão técnica., estando previsto para o próximo ano a teatralização do mesmo pelos nossos jovens.





Lino Mendes

LINO MENDES
Visitante
Visitante

Sexo : Masculino Idade : 83
Emprego/lazer : leitura,espectáculos....
Pontos : 3105
Data de inscrição : 20/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: DESCOBRIR O FOLCLORE

Mensagem por LINO MENDES em Qui Abr 18, 2013 2:21 pm

DESCOBRIR O FOLCLORE


Folclore?!
O que é que é isso?


FOLCLORE
é o conjunto de tradições, de usos e costumes próprios da maneira como os nossos antepassados viviam, no tempo em que a sua vida ainda não era tão influenciada pelos usos e costumes de outros povos.


Consegues imaginar um tempo em que “viajar” significava, quase sempre, apenas ir trabalhar para outras terras durante algum tempo?


Nesse tempo, quando “viajavam”, as pessoas podiam trazer ou deixar uma ou mais danças, canções, provérbios... Alguns ficavam na cabeça do povo, que os ia adaptando, de maneira espontânea, à sua maneira de ser e de estar.

Dizemos entendidos que a partir de 1910 tudo o que foi criado já não pode ser considerado tradição, folclore, mas nós não acreditamos… pois houve terras onde a mudança cultural chegou mais tarde, e foi ela que fez parar a continuidade das tradições. Em 1910 deu-se em Portugal a transição da Monarquia para a
República, mas isso não modificou de imediato os usos e costumes e as mentalidades só porque acabou a monarquia constitucional e se instaurou o regime republicano.


O que cabe dentro do folclore? Música, dança, canções. provérbios, anexins… tanta coisa!


Todas as vivências culturais tradicionais, tanto materiais como imateriais: festas,atividades laborais, utensílios, sabedoras populares, crenças, literatura oral,práticas religiosas, etc,..


PARA QUE SERVE UM GRUPO FOLCLÓRICO?



Serve para manter viva a memória das nossas tradições, e também para mostrar, através do espectáculo, os usos e costumes de antigamente, para que as pessoas os possam conhecer. É, portanto, uma representação muito própria que os Folcloristas, as pessoas que se dedicam a estudar e a representar os usos e costumes, tentam recriar para que se não apague a tradição de cada lugar, de cada aldeia, de cada vila ou região da nossa geografia nacional.


Um grupo folclórico é assim um tipo de MUSEU VIVO.


Mas,para se poder mostrar como as coisas eram realmente, é preciso que os trajos,
as danças, os cantares sejam resultado de uma pesquisa.


Como deves imaginar, à medida que o tempo passa, é cada vez mais difícil encontrar
pessoas que ainda conheceram as pessoas que viviam nesses tempos… e começa a
ser raro encontrar velhinhos que nos possam falar do tempo dos seus avós. Mas a
pesquisa tem de ser feita, não podemos inventar.


HÁ ROUPAS MAIS FEIAS E OUTRAS MAIS BONITAS…


Não interessa se um trajo de um grupo folclórico é mais ou menos bonito, o que é
realmente importante é que ele seja igualzinho aquele que usavam os nossos
antepassados. E o mesmo se passa com a música…


O outro ponto que temos de garantir é que tudo seja da mesma época: a música, o“baile”, o traje, os cantares… todas as vivências das nossas gentes de um mesmo tempo.

SOMOS UM RANCHO !!!

Decidimos chamar-nos RANCHO FOLCLÓRICO DE MONTARGIL. A designação de GRUPO FOLCLÓRICO
também podia servir, mas preferimos o RANCHO pois, em terras como a nossa, um grupo de trabalhadores era chamado de RANCHO de trabalhadores. Há regiões onde um grupo de pessoas se chama RUSGA, outras onde o termo correto é RONDA… na nossa é RANCHO!


HÁ GRUPOS EM QUE OS HOMENS VESTEM DE IGUAL E AS MULHERES TAMBÉM…

Um “grupo de folclore” representa um povo e este não veste todo de igual… Porque é que um grupo folclórico havia de vestir?

Trajo ou farda? Os fatos do folclore chamam-se trajo. FARDA é o que usam a GNR, a PSP, as BANDAS DE MÚSICA, é vestir todos de igual.





NOTA FINAL


Quando vemos um grupo folclórico a atuar estamos a assistir a um pedaço de História,não estamos preocupados em fazer um espetáculo ao nosso gosto, estamos a representar os nossos antepassados, gente que viveu entre 199? e 1920. A pesquisa é base de tudo, em folclore não podemos inventar. E não conseguimos
recuar no tempo para além dos finais do século XIX, porque…Isto é apenas o começo. Há tanto a aprender, tanto a descobrir…

Vestir um trajo é transformar-se numa personagem de outros tempos… e, enquanto fores
uma “personagem antiga”, não podes usar coisas modernas, só da altura que o traje representa.

Se usas pinturas, brincos, pulseiras, relógios de pulso, rabo de cavalo, se te comportas como alguém do teu tempo...ninguém vai acreditar em ti.


Texto
elaborado para as aulas de “Iniciação ao Folclore”, na Escola Básica Integrada
de Montargil, facultativo e para os primeiros quatro anos de escolaridade

LINO MENDES
Visitante
Visitante

Sexo : Masculino Idade : 83
Emprego/lazer : leitura,espectáculos....
Pontos : 3105
Data de inscrição : 20/04/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: DESCOBRIR O FOLCLORE

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum