Últimos assuntos
» Redução de salários em 2010
Seg Jun 06, 2016 4:40 pm por WiseMax

» Sorteio de voos para a Alemanha e iPad 2
Sab Jun 07, 2014 3:44 pm por vaniasvieira

» Coworking S.João da Madeira
Seg Nov 18, 2013 11:19 am por MClara

» O Worten Ultimate Challenge está de volta!
Seg Nov 04, 2013 6:00 pm por PTGAMERLAN

» Clube Macinhatense
Seg Nov 04, 2013 4:34 pm por MClara

» CONCERTOS DE ORGÃO
Qui Out 24, 2013 11:46 pm por MClara

» Associação Bairrada Solidária
Seg Out 14, 2013 2:28 am por MClara

» Vamos ajudar a Mónica
Sex Out 11, 2013 11:26 am por MClara

» Gina Marrinhas em Águeda
Seg Set 30, 2013 10:24 pm por MClara

» Luís Miguel Ferreira
Qua Set 25, 2013 11:05 pm por MClara

» Associacao Bairrada Solidaria - Aniversário
Qua Set 25, 2013 11:01 pm por MClara

» Convivio do Rio Vouga - Clube Macinhatense
Seg Jun 24, 2013 1:10 pm por MClara

» Candidato á presidência da câmara de SJM
Ter Jun 18, 2013 1:09 pm por Reporter On Line

» Feira da Vinha e do Vinho 2013
Seg Jun 17, 2013 10:50 pm por Isabelita

» 17º encontro de Povos da Serra da Lousâ
Seg Jun 17, 2013 10:04 pm por MClara

» MEO XLPARTY@Expocentro - Pombal
Seg Jun 17, 2013 2:27 pm por PTGAMERLAN

» Worten Ultimate Challenge PES 2013 - GT5
Seg Jun 17, 2013 2:26 pm por PTGAMERLAN

» Gerir vida financeira
Dom Jun 09, 2013 2:32 pm por skurtis

» Bichos, Bichinhos e Bicharocos - Althum
Qui Maio 30, 2013 9:24 am por MClara

» Miguel Braga " Like a Tree"
Qua Maio 29, 2013 7:21 am por MClara

» Mealhada
Seg Maio 27, 2013 6:56 pm por MClara

» Castanheira de Pera
Dom Maio 26, 2013 11:10 am por MClara

» Entr'artes/2013
Dom Maio 19, 2013 11:01 pm por MClara

» Trocas e Baldrocas
Sex Maio 17, 2013 3:57 pm por MClara

» DIVERSÃO NOS ESPAÇOS PLAY ZON - Torneio FIFA 13
Sex Maio 03, 2013 3:49 pm por PTGAMERLAN

Conectar-se

Esqueci minha senha

Facebook
Forum Generalista Português

Forum Generalista Português

ON- LINE

contador de visitas
O Tempo não pára!
Volte sempre
contador de visitas
Visitantes
tema
PT
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada


EU ESPERO POR TI. VEM 2012.

Ir em baixo

default EU ESPERO POR TI. VEM 2012.

Mensagem por Filipe Martins em Qui Dez 08, 2011 10:51 am

Nenhuma das mensagens nos tocou.Continuamente se fala da crise e de nùmeros, de “spread” de juros e interesses, mas de sobretudo tantas dividas e mais sacrificios. Mas nada de novo, nenhuma novidade. A crise pràticamente està por toda a parte, e como um vìrus, nos observa, nos espreita e olha a cada um de nòs. Nos ataca.

De modo geral todos se lamentam, raras as excepçoes. Em qualquer parte encontra-se um problema que alguèm deve resolver. E andamos preocupados, assustados, com medo. Que futuro nos espera?!

A visao da Vida puramente de um ponto de vista econòmico e material. Absurdo, um homem mesmo sem Amor no seu coraçao, vale por aquilo que tem. E’ falso tudo isto!

Apesar de termos comido o bolo de rei ( eu nao ) estamos assim longe de estarmos completamente satisfeitos. Grande o desconforto e muito o pessimismo. Alguns por fim de tanto cansados acabaram por se adormecer.

Absolutamente nada de uma estrategia nacional, mas que vitòria se pode conseguir sem a unidade? Cada um por sua conta, de um individualismo nunca mais visto. Como se cada um pensa-se apenas à sua salvaçao! E deixando aos poucos de ver os aspectos positivos, de ver a verdadeira beleza da Vida. E esquecemos que tanto podemos mudar, que depende tambèm da nossa vontade.

De verdade tambèm provo a estar desconsolado. Sinto frio, fome e sede e acabo de entao escolher querer ficar sòzinho e poder sentir a solidao. Deixo-me entao o poder estar abandonado. A crise sò pode ser muito mais que apenas um discurso econòmico. Nao quero aceitar sermos os mais pobres da Europa. Mas a pobreza que se trata è apenas material, ou tambèm espiritual? Nao hà ideias, uma direçao. Faltam valores e objectivos. Um outro ano dificil que chegou ao fim, è tempo de balanços e novos propòsitos. Desejo entao um sinal que pude-se ser bastante forte e que entra-se no meu coraçao. Nao sò pensar o Presente,mas o de olhar e ver o Futuro.

Entao caminho na areia junto ao mar e posso ouvir o barulho das ondas que veem e que vao. Sinto tambèm o vento que parece desejar tocar a minha face e o de querer levar-me nao sei bem onde. Mais uns passos e entro na imensidao do mar. Pensei para comigo que sou um sujeito com tanta sorte, pois tantos gostariam de estar num lugar assim. Porque este è um lugar de facto maravilhoso, onde provo tanta paz e harmonia. Onde poderà estar o Paraiso?!

Ao largo no nevoeiro parece-me começar por ver uma daquelas caravelas de um tempo, talvez uma igual às que partiam para as descobertas. Pouco a pouco vejo tudo mais claro e nitido e aproximo-me a poder ver mais de perto. Desejava entao crer que nada fosse comigo, ou que a mim disse-se respeito, mas eis que começam todos a querer comprimentar-me, sorrindo e a dizer adeus. E se algum deles, pude-se atè, ter conhecido o meu avò? Nao podem ser estranhos, que nada teem a ver comigo. Sim aqueles sao meus antepassados!!!

Onde è que eles estao a pensar ir com uma caravela com aquelas condiçoes? Porque a Vida na verdade vale sinceramente muito mais do que umas especiarias, e algumas outras coisas. Porèm os vejo entusiasmados, contentes, e nao sabem o que os vai esperar. Encontraram tantas dificuldades, vao ser postos à prova e ser provados. Vao encontrar a solidao e precisam de ser fortes, constantes e perseverantes. Para nenhum vai ser fàcil. Tantos vao ficar pelo caminho, tantos no fundo do mar, que nao vao chegar a parte alguma. E a ninguèm lhes vai interessar as suas històrias. Tantos nao vao voltar e em vez da glòria vao ser ignorados.

O preço que vao pagar nao vai valer a pena,mas penso entao tambèm, que vao querer encontrar novas terras e novos mundos e esta ideia deixa-me estar entusiasmado. Provei dentro de mim o desejar de poder abraçar cada um deles; um a um. Senti entao a vontade de partir com eles!. Porque o Reino dos Cèus, nunca vai poder ser um lugar de indiferença, sem Amor, nao tem nada a ver com os modelos que conhecemos.

Os primeiros pioneiros que na Amèrica procuravam um novo inicio, os que procuravam e desejavam a liberdade, de uma nova terra e de um novo mundo, sabiam que estava tudo por realizar e que todos juntos precisavam de tantas energias para poder centrar metas e objectivos. Estavam prontos a lutar e de fazer tantos sacrificios porque nao sò desejavam, mas queriam a vitòria. Apenas podiam contar com as suas forças. Queriam encontrar imensas dificuldades e a unidade era importante ,um aspecto da cuidar.

Isto nada tem a que ver com os modelos faceis de sucessos que hoje nos sao apresentados. Històrias que deixam tanta frustraçao e de um enorme vazio no nosso coraçao. O politico com duas ou tres reformas, e que parece ter sempre alguma coisa interessante da dizer, com o futuro quase seguro. Ou o tal jogador que parece ter realizado um golo extraordinàrio, e que depois sabemos quando abrem a boca e dizem alguma coisa o compreendermos que nao tudo è ouro. Se um nao semeia o verdadeiro Amor ,como o vai poder encontrar?.

Apòs tantos anos tambèm eu continuo a desejar e o querer de uma nova terra e de um novo mundo. Mas a Nova Terra e o Novo Mundo està dentro de cada um de nòs! Nao fora. Devemos construi-lo. Nao è um lugar de onde podermos ir, sò pode ser um lugar onde estamos a viver as nossas Vidas.

E’ estupendo navegar com este mar, o sabor das marèe vivas, o vento que è favoràvel ( sinto na proa) e inspira tantos bons sentimentos. Quero nao sò ver o cabo da Boa Esperança, e passà-lo, mas o de poder passar o Cabo das Tormentas, e o de poder encontrar o meu gigante Adamastor. Quero a vitòria!.

Protesto, mas como vamos poder com as greves e com tantas lutas internas, na divisao, aumentar a riqueza e depois poder multiplicà-la?. Quem vive fora da sua terra, sabe o que è ser servo dos servos. Compreende o que è ser servo, afilhado, filho adoptivo. E pode atè compreender o que è ser um verdadeiro filho. O que sao dificuldades e o de realizar um curso dificil. Sem unidade nunca vai poder haver vitòria.

O verdadeiro poder està no servir, no coraçao de um pai, que ama sem condiçoes, puro e altruista, sem esperar receber. Dar e esquecer. Nao procura ser o centro das atençoes ,e o querer ser servido, em vez, de procurar ser ùtil. Um politico que nao sabe sacrificar-se e dar o exemplo, nunca poderà ter autoridade a pedir que os outros façam sacrificios. Nao è elegante! E’ sò capaz de pensar a pequenos interesses. Nao è sèrio e terà sempre pouca força. Hà coisas que nunca vai poder compreender. Nao è livre.

Podemos começar por acabar com os fogos- a sèrio. A cuidarmos do nosso territòrio e da nossa terra, a cuidarmos uns dos outros,e a desejarmo-nos um pouco bem. Podemos desenhar o nosso sonho, dar-lhe forma e cor. Construi-lo, realizar-lo e dar-lhe vida. Se pensamos o de pertencer a um grande povo devemos mostrà-lo nao aos outros mas a nòs pròprios. Devemos combater a pobreza (aquela maior a verdadeira,è aquela que parece menos) e o desemprego. A irresponsabilidade. A nossa parte è o de construir uma terra que seja melhor para os nossos filhos. De poder dar um mundo melhor aos que vierem depois de nòs. Porque se nao formos nòs quem vai entao poder construir um Portugal melhor?! Que culpa tem Portugal se as pessoas sao assim pouco de boas?. Devemos de aceitar os desafios de hoje. Cada um de nòs pode ser importante. Podemos dar Vida a Portugal.

Quando encontrar um “velho” quero poder sentir que aquele ali podia ser o meu avò. E sempre que olhar uma criança que podia ser um filho meu. E’ um titulo importante para poder ganhar a Liberdade “aquela verdadeira”. Somos a ponte entre o Passado e o Futuro.

Cada um deve procurar fazer a sua parte. Ocupar e defender o seu lugar. Nao estar preocupado se os outros fazem a sua parte ou nao. Eu quero tanto de estar là em aquele lugar, que me pertence, porque lhe quero tanto bem. De poder correr e saltar, o dar tantas cambalhotas de alegria. Apòs tantos anos regressar a Portugal è uma alegria imensa que sò pode compreender, quem passou uma vida em tantos outros lugares, longe do lugar onde nasceu.

Que o Ano 2012 seja um ano dificil, mas desejo de juntos podermos conseguir tantas vitòrias. Vou estar là e quero estar na linha da frente. Aquela porta deve ser aberta para entrarmos.

Um abraço a todos os Portugueses espalhados no Mundo, e aos que escolheram de viver em Portugal entre nòs.

Luis Filipe de Figueiredo Martins - Dezembro 2011.

Filipe Martins
Visitante
Visitante

Sexo : Masculino Idade : 57
Emprego/lazer : motorista
Pontos : 2446
Data de inscrição : 17/09/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: EU ESPERO POR TI. VEM 2012.

Mensagem por WiseMax em Qua Dez 14, 2011 4:25 pm

Meu caro amigo, li que tem fome e frio.
Desde já me ofereço para confortá-lo com um dos meus casaquitos mais quentes (excessos meus de quando ainda não havia crise...) e umas peúgas mais grossitas, e aquecê-lo com um dos petiscos alentejanos que por aqui se manjam (obra da nossa Maria, que é pessoa sabedora e dedicada, querida de nós todos por aqui) - tudo regado é claro com uma "pomadita" deliciosa e aconchegante do espírito (tinto, como deve ser!) que descobri nestas terras do nosso Portugal.
Se aceitar, será com muita estima que tirarei da cartola da minha crise esta dádiva prazeirosa, esperando que o calor da mesma o faça ver as coisas um pouco menos escuras e lhe melhore o facies com um sorriso consolado.

Um abraço, do Wise, sempre ao seu dispôr! Smile


WiseMax
Membro Activo
Membro Activo

Sexo : Masculino Idade : 70
Emprego/lazer : Dolce farniente
Pontos : 3728
Data de inscrição : 18/01/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: EU ESPERO POR TI. VEM 2012.

Mensagem por Filipe Martins em Sab Dez 17, 2011 7:45 am

Caro WiseMax (?) a minha sensibilidade faz-me compreender quando um convite è feito com o coraçao e aceito sempre. Em Agosto 2012 estarei a viver em Portugal , e se desejarmos podemos encontrar-nos.

O Corpo pode ser consolado com o comer e beber, mas o Espirìto ( que nao è tinto nem branco, mas que deve ter cor e vida ) tem outras exigencias e dà uma visao mais profunda da Vida.

Um abraço tambèm da minha parte. Filipe

Filipe Martins
Visitante
Visitante

Sexo : Masculino Idade : 57
Emprego/lazer : motorista
Pontos : 2446
Data de inscrição : 17/09/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: EU ESPERO POR TI. VEM 2012.

Mensagem por MClara em Dom Dez 18, 2011 5:01 pm

Gostei de ver que o Filipe tem despertado os membros .. Isto anda muito adormecido e eu acabo por já nem vir cá todos os dias por contágio .. Mas espero que realmente em 2012 eu venha a mudar e fazer algumas mudanças por estes lados.. Depende sempre da motivação que me dão Smile Até já.
avatar
MClara
Admin

Sexo : Feminino Idade : 53
Emprego/lazer : Varios
Pontos : 3622
Data de inscrição : 16/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: EU ESPERO POR TI. VEM 2012.

Mensagem por Filipe Martins em Sab Dez 24, 2011 5:41 pm

Espero que o ano de 2012 possa ser a oportunidade de um novo inicio, de uma renascita, de uma profunda mudança para cada um de nòs. Muita força a todos para enfrentar o futuro.

Os meus melhores comprimentos. Filipe

Filipe Martins
Visitante
Visitante

Sexo : Masculino Idade : 57
Emprego/lazer : motorista
Pontos : 2446
Data de inscrição : 17/09/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

default Re: EU ESPERO POR TI. VEM 2012.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum